Amor em pedaços

11

de
janeiro

Quando amamos

 

Quando amamos, amamos de verdade, o que fazemos?
O que nunca fazemos?

O que dizemos e o que nunca podemos dizer?
Quando amamos, qual a hora certa de ligar: antes de dormir ou depois de acordar?

Como queremos ser tratados?
E como tratamos a outra pessoa?

Quando amamos, o que nos incomoda?
Aliás, algo realmente nos incomoda?

Como devemos nos expressar? Quando? Onde?

Quando amamos, assistimos ao nascer do sol ou dormimos abraçadinhos?

Quando amamos, temperamos a comida para mais ou para menos?

Sentimos falta ou excesso?

Queremos mais ou já basta?

Escondemos ou escancaramos?

A gente se lembra ou se esquece?

Quando amamos, a gente é a gente mesmo ou é o outro?

Somos cegos ou enxergamos melhor que ninguém?

Quando amamos, a gente quer ou precisa?

A gente sofre ou é feliz?

E… amar basta?

Arquivado em: Sem categoria I

3 Comentários »

  1. Comentário por paulo roberto — 12 12UTC janeiro 12UTC 2008 (13:44)

    muito bom ,,,essas realmente saum perguntas q passam pela nossa cabeça…mas sabe prefiro um pensamento q diz q naum somos seres racionais q sentimos ,,mas seres sentimentais q pensamos….

  2. Comentário por Paula Marina — 12 12UTC janeiro 12UTC 2008 (20:46)

    às vezes amamos alguem e às vezes somos egoistas e amamos o q esse alguem nos faz sentir….

  3. Comentário por eduardo — 12 12UTC março 12UTC 2009 (21:39)

    Este poema é maravilhoso,mãs fará o meu coração sofrer pelo meu amor

Deixe um comentário

Feed RSS dos comentários deste post. URL de TrackBack

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://danizinhaa.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.